ACT Concursos

Um pouco de tudo com café

Categoria: Política

Certidão Negativa para Pessoa Física

Para quem precisa emitir a CND – Certidão Negativa de Débitos do INSS de forma fácil e gratuita para pessoa física pela internet, este é o lugar certo para aprender como fazer isso. Antes de qualquer coisa vamos entender o que é a Certidão Negativa do INSS, ela é um documento que garante e certifica que você não possui nenhum débito com a previdência social ou com o INSS e como mencionamos acima existe um sistema Web que pode te ajudar na emissão dela.

Caso conste alguma restrição no seu documento de CPF durante a realização da consulta, o sistema de Emissão de CND irá exibir na tela quais são essas restrições para que você possa verificar cada uma delas e resolver qualquer pendência junto a previdência. Claro que além de restrições você pode verificar também qualquer conta ou pagamento em atraso no INSS que venha a existir dentre eles podemos citar os Créditos Tributários que não são incomuns de existirem e problemas de Dívida ativa da União.

Como emitir a CND INSS para pessoa física

Realizar a emissão da CND certidão negativa do inss é muito fácil, basta acessar o site OFICIAL

Através dele você terá acesso ao sistema que de cara irá solicitar o seu CPF e a confirmação dos dados de acesso como os números da imagem que será exibida. Depois de digitar tudo o que é solicitado pelo sistema basta agora você clicar em consultar. Para validar a sua certidão você poderá ter acesso ao código de emissão que pode ser consultado para validar a veracidade desta certidão.

Após preencher esta tela você terá acesso a sua certidão, abaixo mostramos a você como ela deverá se parecer para que você tenha uma base na hora de realizar a consulta.

Qual faculdade estudar? Pública ou Particular?

Você tem dúvidas em relação à faculdade que irá estudar? As pessoas dizem que a pública é melhor, mas você continua com dúvidas? Então leia este artigo e preste bastante atenção nas dicas que darei.

A faculdade pública tem muito mais destaque e mais preferência em se tratando de uma seleção de empregos. O entrevistador vai preferir alguém que concluiu o ensino superior em uma universidade pública, isto era fato há alguns anos atrás. Mas hoje em dia as coisas têm mudado, pois quem faz o aluno não é a faculdade, mas sim ele mesmo.

A realidade das faculdades públicas no Brasil é precária. Suas grades curriculares estão defasadas e muitas delas não dão o suporte e a devida atenção ao estudante universitário. Muitas não têm laboratórios equipados para professores e alunos e não dispõem de materiais específicos para cada curso. (Lembrando que não estou falando do geral e sim da maioria delas.)

Em relação a faculdades privadas, é o mesmo esquema. Existem as boas e também as ruins. Caso queira estudar na particular, observe suas notas de desempenho do MEC, se é autorizada pelo mesmo, veja se é uma faculdade renome, e também verifique se é uma instituição organizada ou não.

A diferença em estudar na privada ou na pública, é que na pública você terá mais chances de ter um bom currículo ainda como estudante, principalmente quando participa de bolsas estágios, projetos acadêmicos e bolsas de incentivo a pesquisa e extensão que a universidade oferece.

Agora, cabe a você escolher. É sua decisão! Abaixo temos uma indicação de faculdade pública para você realizar o vestibular 2020, confira!

Vestibular FAETEC

A FAETEC (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) informou que já está disponível o resultado do 2º exame de qualificação do Vestibular 2020 FAETEC.

Em sua totalidade, o vestibular da FAETEC recebeu 60.603 candidatos que estiveram presentes na universidade no dia 8 de setembro de 2018 disputando a tão sonhada vaga em um curso superior.

Os interessados poderão conferir o resultado do vestibular, acessando o site www.vestibular.FAETEC.br.

Somente estão habilitados para a segunda fase do vestibular os estudantes que alcançaram pelo menos 40% das questões em um dos dois exames de qualificação que foram aplicados.

Os aprovados deverão ficar atentos, pois as inscrições para a segunda etapa do vestibular começarão no dia 18 de setembro e seguirão até o dia 2 de outubro de 2018 através do endereço eletrônico oficial da universidade (www.vestibular.FAETEC.br).

Prefeitura no Estado de São Paulo

A Prefeitura Municipal de São Paulo, no Estado da Bahia, já começou a divulgar nos últimos dias todas as informações sobre o IPTU 2020. As regras foram divulgadas pela Secretaria Municipal de Fazenda, responsável pela cobrança do tributo na cidade.

Para o ano de 2020 não serão adotadas muitas alterações no IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) em relação ao último exercício.

A única mudança anunciada até agora é em relação ao desconto que pode ser obtido pelos contribuintes no pagamento do imposto.

No ano passado era possível obter até 40% de desconto. No IPTU Ribeirão Preto 2020 será possível aumentar este percentual para até 60%, de acordo com a Prefeitura.

O desconto de 60% só será concedido se o contribuinte cumprir o que determina a legislação tributária local. De acordo com a Secretaria de Fazenda, seguramente este é um dos descontos mais atraentes entre todos os municípios brasileiros.

As informações exatas sobre como obter este abatimento ainda não foram divulgadas, porém já se sabe que serão até 20% de desconto pelo pagamento à vista somados aos 20% sobre a adimplência dos contribuintes em anos anteriores e mais 20% sobre o Programa IPTU Verde.

Reajuste: Para 2019 a Prefeitura apenas corrigirá o valor do imposto de acordo com o acúmulo da inflação no país nos últimos doze meses.

O índice utilizado é o IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo, que aponta um acúmulo de aproximadamente 6,56% na inflação.

2 Via

Os carnês para pagamento deverão ser encaminhados às residências dos contribuintes a partir do início do de março. A entrega, que será efetuada pelos Correios, deve ser concluída ainda no mês de março, já que os primeiros vencimentos serão em 15 de abril.

O contribuinte que precisar emitir a 2 Via do IPTU São Paulo 2019 deverá acessar o site oficial da Prefeitura, no endereço eletrônico.

A emissão da 2 Via e a solicitação de outros serviços, como certidões negativas, contestações e pedidos de revisão deverá ser realizada na sede da Secretaria Municipal de Fazenda.

Salário Mínimo poderá ter Reajuste Abaixo do Esperado

Recentemente o novo ministro da fazenda do governo federal anunciou que não quer mudar em curto prazo as regras para o salário mínimo de 2018. Isso significa na prática que o salário mínimo estará por mais tempo atrelado a inflação. Isso é muito ruim para empresários, pois a inflação é muito alta nos dias de hoje, o que significa que os aumentos salariais também precisam ser substanciais.

Importância do aumento salarial

O novo ministro da fazenda também destacou que além do aumento do salário mínimo de 2018, uma das primeiras mudanças de seu mantado será para alterar a tabla do INSS para reduzir o rombo da previdência social, que somente nesse ano chegou a 70 bilhões de reais. Esse resultado negativo é marca predominante da falta de planejamento das contas da atual gestão do federal, que não tem responsabilidade o suficiente para manter suas dívidas em foco.

O valor do aumento do salário mínimo 2020 será de R$ 85,00 nesse ano, diferentemente dos R$ 77,00 no ano que tinham sido divulgados no mês de agosto. Esse aumento maior do que o que tinha sido anteriormente divulgado foi resultado do desempenho ruim da economia que vai fechar o ano com uma inflação acumulada de mais de 11% em 2015.

Essa inflação é o aumento dos preços dos produtos da cesta básica nos supermercados, e precisa ser refletida nos salários dos trabalhadores, pois caso contrário, em poucos meses esses não serão mais capazes de pagar as suas contas em dia, nem de comprar a alimentação necessária.

Se você recebe um salário mínimo, ou se os seus rendimentos estejam atrelados ao valor do mínimo, como é o caso de aposentados, pode ser uma boa ideia que você possa ter o salário reajustado de acordo com a inflação, para evitar que a tabela do INSS 2020 da Previdência fique defasada no seu caso.

Como Justificar o Voto?

Você confirmou que não estará em seu domicílio eleitoral no dia das eleições e precisa aprender Como Justificar o Voto. Pois saiba que é bem simples, você precisará ter em mãos o requerimento de justificativa, que estará disponível no dia das eleições. Aprenda aqui como justificar o voto e fique sempre em dia com a Justiça Eleitoral.

São milhares de eleitores em todo país, por isso é impossível que todos eles votem no dia marcado. Muitos têm compromissos fora de seu local de votação e outros buscaram compromissos para não serem obrigados a participar das eleições 2020, mas, quem deve julgar a justificativa é a Justiça Eleitoral, nós estamos aqui para ajudar você.

Quais são as datas das eleições 2020?

As eleições ocorrem dos dias 2 de outubro de 2018, e para as disputas em segundo turno, no dia 30 de outubro será o último dia das disputas.

Lembrando que nas eleições 2020 as disputadas são entre candidatos a presidente 2020, governadores, senadores e deputados federais. Para quem não vai puder comparecer ao seu local de votação nas datas estipuladas, entre as 8 h e 17 horas, o jeito é justificar.

A justificativa do primeiro turno não será válida para o segundo turno, e nem o inverso.

Posso justificar o voto do exterior?

Não. A justificativa só poderá ser feita aqui no Brasil. O prazo para quem estiver fora é de 60 dias após as eleições ou 30 dias após o retorno ao Brasil. Um detalhe importante, os eleitores que estiverem no exterior durante as eleições 2018, não são obrigados a justificar.

A obrigatoriedade é apenas para as eleições que elegem os candidatos a presidência e a vice-presidência. Nesses casos, caso não justifique o eleitor ficará com a pendência eleitoral.

Qual a multa e as implicações por não justificar?

Você tem até 60 dias após o pleito para justificar o voto, caso o procedimento não seja realizado você fica sujeito a multa e débitos eleitorais.
A multa por não justificar é de R$ 3,51, podendo ser aumentada em até dez vezes, de acordo com a decisão judicial.

Caso não justifique você não poderá se inscrever em concursos, receber remuneração de empregos públicos, obter empréstimos, passaportes e carteiras de identidade, até que você quite os débitos eleitorais.

Como justificar o voto?

Para justificar será preciso preencher o formulário de Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE). No dia da votação compareça aos postos de atendimento do eleitor, cartório eleitoral ou acesse o site do Tribunal Superior Eleitoral.

Os documentos para a justificativa são o título de eleitor e um documento oficial com foto.

Caso não compareça no dia das eleições você tem um prazo de 60 dias para ir até um posto de atendimento ao eleitor, ou enviar por via postal ao Juiz da Zona Eleitoral.

Clique aqui para obter o Requerimento de Justificativa Eleitoral.

Para mais informações sobre como justificar o voto: www.tse.jus.br

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén